Projeto que dá nome de Marielle Franco para CMEI em Curitiba será votado nesta segunda-feira (14)

Votação acontecerá na data em que o assassinato de Marielle completa quatro anos; na juventude ela trabalhou em uma creche como educadora infantil

Nesta segunda-feira (14), a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) vota, em primeira discussão, o projeto de lei de autoria da vereadora Carol Dartora (PT) que denomina de Marielle Franco um dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) ainda não nominado na cidade.

Mulher negra, Marielle foi vereadora do Rio de Janeiro (RJ) e se destacou na defesa dos direitos humanos. Ainda jovem, trabalhou em uma creche, como educadora infantil. Em sua primeira disputa eleitoral, em 2016, foi a quinta vereadora mais votada do Rio, com 46.502 votos. Era socióloga e mestra em Administração Pública.

A votação será na data em que o assassinato de Marielle completa quatro anos. No dia 14 de março de 2018, Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, foram mortos a tiros quando saíam de uma agenda da parlamentar. O crime teve repercussão internacional e permanece sem solução.

A sessão começa às 9h, com transmissão pelo canal do Legislativo no YouTube. Confira a íntegra do projeto de lei 009.00005.2021Marielle presente!

Marielle presente!

“A trajetória da Marielle Franco foi modulada pela luta contra a desigualdade, combate ao racismo, machismo, lgbtqifobia e defesa irrestrita dos direitos humanos para a população das favelas do Rio de Janeiro. E por sua coragem de fazer sua voz ecoar o grito daqueles que nunca foram ouvidos, foi executada friamente por opositores políticos”, disse Carol Dartora.

Para a vereadora, Marielle teve uma contribuição e um significado importantíssimo para a luta do movimento progressista no Brasil e trouxe à tona o debate da violência política contra as mulheres negras.

“Bravura e honradez”

No dia seguinte ao assassinato de Marielle e Anderson, a Mesa Diretiva da Câmara Municipal de Curitiba divulgou uma nota de pesar destacando que, “com bravura e honradez, lutou contra as injustiças e a violência da qual acabou sendo vítima”.

Confira abaixo a íntegra da nota divulgada à época.

Nota de Pesar

É com extremo pesar que a Câmara Municipal de Curitiba recebe a notícia da morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (Psol), que, com bravura e honradez, lutou contra as injustiças e a violência da qual acabou sendo vítima.

Assim como quando ocorre com milhares de pessoas assassinadas em todo o Brasil, esperamos que as autoridades competentes esclareçam os fatos e punam os culpados por este crime bárbaro, que fere a democracia e a liberdade parlamentar.

Respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos de Marielle Franco e do motorista dela, Anderson Pedro Gomes, que também foi assassinado.

Mesa Diretiva da Câmara Municipal de Curitiba

Address
304 North Cardinal St.
Dorchester Center, MA 02124

Work Hours
Monday to Friday: 7AM - 7PM
Weekend: 10AM - 5PM